okoro1_EBRAHIM HAMIDAFP via Getty Images_genderinequalitycourtprotest Ebrahim Hamid/AFP via Getty Images

O COVID-19 Ampliará a Lacuna de Gênero na Justiça?

WASHINGTON, DC – No mundo inteiro, estima-se que 1.5 bilhão de pessoas enfrentam problemas legais que não podem resolver, enquanto 4.5 bilhões – principalmente mulheresindivíduos pobres e outras pessoas vulneráveis ​​– estão excluídas das proteções e oportunidades que a lei oferece.

É verdade que as notícias não são de todo ruins. O Objetivo 16 do Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas visa "fornecer acesso à justiça para todos", enquanto as medidas multidimensionais de pobreza consideram cada vez mais os indicadores relacionados à justiça. Além disso, métodos aprimorados de coleta de dados e estatísticas  globais e nacionais instantâneas melhoraram a aferição das lacunas da justiça e preencheram críticos vazios de dados.

Mas o COVID-19 está criando mais obstáculos à igualdade de acesso à justiça, especialmente para as mulheres. É provável que as respostas à pandemia sejam predominantemente de gênero, o que significa que mulheres migrantes, deficientes e indígenas são duplamente desfavorecidas. Portanto, é crucial garantir que a atual crise não amplie as disparidades legais existentes com base no gênero.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

or

Register for FREE to access two premium articles per month.

Register

https://prosyn.org/Rko2DPHpt